18 dicas sobre como comprar sua primeira motocicleta: tudo o que você precisa saber antes de puxar a embreagem

Está pensando em realizar o sonho de comprar sua moto? Conheça 18 dicas sobre como comprar sua primeira motocicleta: tudo o que você precisa saber antes de puxar a embreagem.

Realizar a compra de sua primeira motocicleta deve ser tão emocionante quanto o seu primeiro passeio. Quer você esteja comprando uma nova ou usada, especialistas cobriram todas as bases sobre o que é preciso saber quando estiver pronto para sua primeira motocicleta. Para realizar esse sonho é preciso realizar muita pesquisa e ter um pouco de paciência. 

Simulador de financiamento Moto Honda.

Comprar uma moto é muito diferente de comprar um carro. Antes de puxar a embreagem, há coisas que você precisa considerar, como o tipo de pilotagem que fará. Dessa forma, você pode obter uma moto projetada para o que pretende fazer com ela. Por exemplo, você não levaria sua moto esportiva em uma estrada de cascalho, assim como não dirigia sua bicicleta off-road na estrada. 

De segurança e seguro a dicas de compra, aqui está tudo o que você precisa saber antes de comprar sua primeira motocicleta.

1. SEGURANÇA DE MOTOCICLETAS 

Um curso de treinamento de motorista, garante a sua segurança e, assim como os outros na estrada. Lembre-se, você será um dos, se não o driver mais exposto lá fora, por isso é importante se atentar a segurança.

Mesmo se você tiver experiência com motocicletas, é sempre bom aprimorar suas habilidades com um pouco de reciclagem antes de assinar a linha pontilhada.  

2. SEGURO DE MOTOCICLETAS 

Suas finanças podem ser todas direcionadas para comprar sua nova motocicleta, mas não tão rápido, você também precisa pensar sobre o seguro como parte do custo total. Em muitos estados, o seguro da moto é exigido por lei, então é provável que você precise fazer alguma coisa na sua compra.    

O seguro pode protegê-lo se você for responsável por ferimentos pessoais ou danos à propriedade. Ele também pode cobrir suas contas médicas, roubo, danos e muito mais. 

Cobertura de responsabilidade é a maior e mais comum cobertura legalmente necessária. Está lá para protegê-lo de casos em que alguém está ferido ou a propriedade está danificada.  

·         Responsabilidade por lesão corporal

·         Responsabilidade por danos patrimoniais

As seguintes coberturas opcionais incluem proteção para você e sua propriedade diretamente.

·         Cobertura de motorista sem seguro

·         Cobertura de pagamentos médicos ou proteção contra danos pessoais

·         Seguro Abrangente

·         Colisão  

Certifique-se de ler todos os planos para se certificar de que você está coberto e protegido no caso de algo acontecer na estrada.   

3. ENCONTRE O MODELO QUE SE ADPTE A VOCÊ  

As motocicletas não vêm com recursos ajustáveis ​​como o assento, o volante, etc. É por isso que, ao comprar uma motocicleta, é preciso encontrar o que combina com você e o que parece certo. Lembre-se, o que parece certo por alguns minutos, pode não ser em uma viagem de 5 milhas pela cidade.  

É importante considerar os diferentes tipos de motocicletas disponíveis. Bicicletas esportivas e “motos despidas” que estão entre as mais comuns.

As motos esportivas são ideais para andar em alta velocidade, pois são inclinadas para a frente com footpegs mais altos e mais longas para alcançar o guidão. Em viagens mais longas e em velocidades mais lentas, isso pode ser difícil em suas costas, assim como suas mãos e pulsos.  

Motocicletas padrão ou “nuas” são ótimas para iniciantes porque está na posição vertical, sem ter que se inclinar muito para pilotar.  

Os cruzadores também são muito populares, mas podem ser difíceis para novos pilotos. Eles são ótimos para viagens longas, porque são mais relaxantes, mas o guidão alto (um complemento popular para o mercado de reposição) e os pedais para frente fazem com que os passageiros tenham que se inclinar um pouco para trás, o que pode ser desconfortável. 

Este assentos lowrider não é ideal para iniciantes que planejam andar em velocidades mais altas por períodos mais longos, porque puxar o guidão para trás pode ser cansativo. Os cruzadores também podem ser difíceis de pilotar e controlar em velocidades mais baixas devido ao seu peso, que pode ser difícil de equilibrar.    

Se você não tem certeza sobre o que quer ou onde começar, confira marcas como Yamaha, Suzuki, Kawasaki, Triumph e Honda. Todos eles têm ótimas motos para iniciantes. 

4. FAÇA SUA PESQUISA

Você deve fazer sua pesquisa antes de realizar qualquer compra. Nesse caso, qualquer que seja a motocicleta que você decidir comprar, certifique-se de aprender tudo o que puder sobre a marca, o modelo, onde e como pode atendê-lo e obter peças no futuro, se necessário. Basicamente, você deve fazer um esforço para saber tudo sobre sua moto – por dentro e por fora – afinal, será o proprietário, e isso não é uma compra pequena.

5. NÃO VÁ SE EXIBIR SOBRE O PODER 

Vamos falar sobre o poder. Você não precisa ir muito alto na escada de deslocamento para a sua primeira motocicleta. Na verdade, até mesmo a moto média de 600cc tem mais potência do que muitos pilotos experientes podem usar, então não tente ficar com uma moto muito potente de início.

Você deve estar na classe das 500cc ou abaixo (motocicletas de pequeno a médio deslocamento). Muitos fabricantes estão projetando especificamente motos nesta classe para novos pilotos como você. 

Nosso conselho: comece com algo menor e troque por algo maior depois.

6. ALTURA DO ASSENTO 

Esta deve ser a coisa mais importante em que você deve pensar quando é um novo piloto que compra sua primeira moto. Ser capaz de plantar ambos os pés na calçada é um construtor de confiança enorme para os pilotos que temem cair. Além disso, é mais seguro poder plantar os dois pés no chão para se equilibrar, especialmente se a sua moto for pesada. 

7. PESO DA MOTO

Depois de decidir o tipo da moto que você quer, também deve pensar no peso (afinal, você será o único a controlar essa fera). O peso da moto normalmente aumenta com o deslocamento, embora esse não seja o caso para todas as motos, já que alguns cruzadores com um deslocamento mais modesto pesam uma tonelada.   

8. COMPRE UMA MOTOCICLETA USADA NO ÍNICIO

Comprar uma moto usada para iniciantes é uma boa por dois motivos.

·         Se você não está sentindo a coisa toda da motocicleta depois de algumas semanas e quer trocar, você não terá muito dinheiro em um empréstimo. E sejamos honestos, uma moto barata e usada é mais fácil de vender do que uma relativamente nova.    

·         Você largará sua moto mais cedo ou mais tarde. Isso não é de forma alguma um reflexo de suas habilidades (que definitivamente não estamos duvidando), é apenas a realidade de aprender a andar.      

 9. CONSULTE OPINIÕES 

Não vá em sua jornada de compra sozinho. Não importa o quão duro você pensa que é, nunca se sabe quem está do outro lado do anúncio, leve um amigo para ajudar.

10. INSPECIONE A MOTO 

Entre lá e suje as mãos. Faça sua pesquisa sobre a moto de antemão e faça uma lista de qualquer coisa sobre a qual você possa ter dúvidas. Conheça a sua futura moto em potencial antes de começar a jogar dinheiro nela.

11. VERIFIQUE O NÚMERO DE IDENTIFICAÇÃO DO VEÍCULO 

Certifique-se de que o número de identificação do veículo coincida com a motocicleta e o título.  

12. CERTIFIQUE-SE QUE NÃO É ROUBADA

Verifique com a polícia local se a motocicleta não foi roubada e se está legalmente registrada para a mesma pessoa da qual você está comprando. Você não quer ser acusado de “roubar” sua nova motocicleta na primeira vez que está nas ruas, não é? 

13. SEM ÔNUS 

Certifique-se de que não há ônus sobre a moto. Se houvesse algum ônus, haveria assinaturas “liberadas” na frente do título. Se tiver isso não compre esta moto!    

14. CONTRATO DE VENDA

Isso deve incluir informações do vendedor / comprador e informações sobre a moto (milhas, VIN, modelo, preço). Ambas as partes devem assinar. Você também deve se certificar de que o vendedor assina a parte de trás do título.  

15. CERTIFIQUE-SE DE QUE A MOTO ESTÁ COMO NAS DIVULGAÇÕES

Isso significa que, depois de fazer sua compra, o vendedor é liberado da responsabilidade se algo der errado com a moto (ou seja, peças novas, etc.). Tudo sairia do seu bolso, e você não vai querer isso.    

16. TESTE 

Não se surpreenda se o vendedor não permitir que você teste a motocicleta. Isso é provável por razões de responsabilidade. Realisticamente, você não deve andar com a moto até ter registrado e segurado a moto em seu nome.

17. APÓS A COMPRA LEVE AO MECÂNICO

Depois de levar a moto para casa, é uma boa ideia fazer arranjos com um mecânico profissional para um ajuste completo, para garantir que está na melhor condição de trabalho possível para sua segurança.  

18. COMPRAR MOTO ROUBADA É CRIME 

Mentir sobre o preço de venda da moto quando se trata de pagar o imposto sobre vendas. É uma fraude, e se a moto for roubada ou destruída, você acabará com a conta, então seja honesto.       

Bem, isso cobre tudo o que você precisa saber quando estiver pronto para comprar sua primeira motocicleta. Lembre-se de encontrar o modelo adequado ao seu porte físico e estatura, faça sua pesquisa e não exagere no poder!

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.