5 Dicas para dirigir moto na chuva

Quem pilota moto sabe o quanto a direção desse meio de transporte exige cuidado e atenção. Agora imagine um temporal caindo e você tendo que pilotar uma moto. Imaginou? Aposto que você pensou em uma situação bem tensa, não é verdade? Afinal,  a chuva é um grande obstáculo para quem conduz as motocicletas.

A visibilidade acaba ficando prejudicada e os retrovisores acabam não possibilitando uma visão geral. Acrescente isso com a presença de água na pista e as chances  de derrapagens e desequilíbrios durante a condução da moto. Quer mais? Ainda existem os riscos causados por buracos que podem ficar invisíveis e causar uma queda.

Por esse motivo, preparamos algumas dicas para ajudar os motociclistas a saber como agir quando se depararem com essa situação que merece cuidado redobrado. Vamos conferir?

dicas para dirigir moto na chuva

1. Tenha capa de chuva por perto

É muito importante que o motociclista possua uma capa de chuva. Ela vai manter a temperatura corporal controlada e evitar que você fique encharcado.  Com seu corpo muito frio, a atenção com o trânsito pode ficar reduzida. Algumas luvas também são preparadas para o período das chuvas. Vale a pena o investimento!

2. Procure áreas com menos água

No geral, as faixas centrais ficam mais secas pois a água costuma escorrer pelas laterais das ruas. Escolha locais que estão menos molhados, evitando também poças e buracos. Eles podem esconder lixo e outros tipos de obstáculos que podem atrapalhar a sua direção. Além disso, o excesso de água pode prejudicar o motor e fazer você ficar no prejuízo.

Uma dica interessante é você seguir uma trilha já feita por algum outro veículo. Assim, o carro que vai na sua frente acaba afastando a água e auxilia a passagem pela moto.

3. Todo cuidado é pouco

Procure ter muita cautela ao pilotar na chuva. Os freios mais bruscos podem fazer com que o pneu derrape. Lembre-se que atrás da sua motocicleta pode se encontrar algum outro veículo e um acidente pode acontecer.

Ao fazer as curvas, diminua consideravelmente a velocidade e preste atenção.

4. Fique atento aos pneus da moto

Isso vale não somente para épocas chuvosas, mas como uma dica que deve ser sempre seguida. Observe se os pneus da motocicleta não estão carecas ou precisando calibrar. Com a água da chuva, o perigo de aquaplanagem é bem maior quando os pneus não estão nas especificações adequadas.

Não esqueça de evitar manobrar arriscadas e andar entre as duas fileiras de carro. As chances de acidente são bem maiores. Com o tempo fechado, muitos motoristas acabam não ouvindo buzinas nem se atentando para as sinalizações.

5. Distância de segurança deve ser mantida

Lembre que no caso de um acidente com um carro, quem sempre sai mais prejudicado é o motociclista. Fique atento por você e pelos outros. A chuva é muito traiçoeira e pode fazer os pneus da sua moto travarem.

Muito acidentes acontecer porque o controle do veículo é perdido. Não esqueça também de desviar de possíveis obstáculos como lixo, objetos, pedras e até mesmo óleo na pista. Eles podem fazer você deslizar e cair. 

Por fim, deixamos mais uma dica de bônus: redobre a atenção com pisos de concreto. Com a chuva eles podem fazer com que os pneus percam a aderência.

Encerramos por aqui, mas não esqueça que pilotar moto sempre exige muita atenção. Quando isso acontece na chuva, precisamos agir com muita cautela e responsabilidade. Portanto, olhos atentos e muita calma na hora de conduzir a sua motocicleta.

Em algumas ocasiões, quando a chuva se encontra muito forte, é muitas vezes aconselhável parar a moto em um local seguro e protegido. Sempre que possível, espere a chuva passar e evite conduzir com um tempo ruim. Saiba avaliar as circunstâncias e seja cuidadoso. Afinal, sua vida vale muito!

Agora é só compartilhar essas dicas de como pilotar moto em dias de chuva para os seus amigos e familiares que também são fãs do motociclismo. Gostou? Deixe um comentário!


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.